carro leiloado

Seu carro foi leiloado pelo banco e você ficou com a dívida? Saiba como resolver.

Posted on Postado em Busca e Apreensão

Se você teve seu carro leiloado provavelmente ele foi apreendido, por algum motivo, nos quais são muitos.

Porém, o principal de todos é:

  • O não pagamento de parcelas do veículo.

A partir do momento que você atrasa no máximo 3 parcelas, o carro é capturado e levado pela financeira (banco) para ser leiloado em um valor que quite a dívida.

Como o comprador é notificado?

Havendo o atraso no pagamento de uma ou mais prestações do financiamento (o comprador pode ter em atraso no máximo 3 parcelas), a justiça enviará uma notificação extrajudicial do débito, caso a dívida ainda permanecer em aberto, será ingressado o processo de apreensão do carro, colocando direto para a venda no leilão, para quitar o débito.

Quais as formas de leilão?

  • Leilões de Seguradoras – veículos que sofreram algum dano,e então é leiloado para quitar dívidas que a seguradora pagou para o conserto feito.
  • Leilões Judiciais – veículos que a justiça coloca para ser leiloado por conta de alguma dívida em aberto, por exemplo, o IPVA.
  • Leilões de Bancos e Financeiras – veículos que foram financiados, porém o comprador não consegue pagar as parcelas e optar pela devolução do veículo para o banco e então é colocado para leilão para poder quitar a dívida. Entrega no qual é chamada de “devolução amigável”.
  • Leilões de Empresas – veículo que era usado por uma empresa e então é substituído por novos, sendo assim a empresa coloca os “velhos” para ser leiloado.

Pra onde vai o dinheiro arrecadado no leilão?

O dinheiro arrecadado com o leilão dos carros vai ser destinado a dívidas do veículo, atraso nas parcelas, guinchos, multas, entre outras pendências que existir.

5% da arrecadação com o leilão vão para o leiloeiro, sendo que o novo proprietário do carro poderá pagá-lo em até cinco (05) dias úteis.

Se eu tiver o carro leiloado o banco continua me cobrando?

É normal isso ocorrer, pelo fato de que pela lei da alienação fiduciária, o banco é obrigado a vender o bem financiado (veículo etc) em leilão e esta venda normalmente se dá entre 50% a 70% do valor de mercado do bem.

Após, pagos os custos com leiloeiro, custas judiciais e honorários advocatícios, o que sobrar do dinheiro vai para abater a dívida.

Portanto, normalmente, o valor que sobra não é suficiente para cobrir o financiamento, ficando um saldo devedor a ser pago.

Ou seja, a dívida do dono do carro leiloado é com o banco que financiou. Quem compra de leilão paga o valor cheio do leilão direto pro banco. Mas não tem nada a ver com a dívida do dono anterior.

Sendo assim, normalmente quem teve o carro leiloado continua com dívida com o banco, porém existem casos que essas cobranças é indefinida, ou seja, é sempre bom procurar uma acesoaria, para maiores orientações.

Leia sobre: Fez a devolução amigável do veículo para o banco e ainda assim, ficou com dívida.

Acesse nosso Facebook e nosso Blog e saiba mais sobre apreensão de veículos.

Ligue Grátis 0800 580 0910 ou solicite uma ligação abaixo: