Quais Fatores Aumentam Os Juros Do Meu Financiamento?

Posted on Postado em Juros Abusivos

Quais Fatores Aumentam Os Juros Do Meu Financiamento? Em um contrato de financiamento existem os juros, que são taxas cobradas pelo banco com o objetivo de lucrarem com o empréstimo.

Essas taxas são permitidas, mas quando as instituições realizam certas práticas, isso pode levar ao aumento dos juros no financiamento, levando ao endividamento.

Portanto, ao longo desse artigo iremos explicar com mais detalhes o que são juros e quais ações podem levar ao seu crescimento no contrato. Continue acompanhando para saber
mais.

O que são juros abusivos?

Antes de entendermos o que pode aumentar os juros, você sabe o que são juros abusivos? Juros abusivos são taxas que são adicionadas no contrato de forma errônea.

Quando as instituições fazem isso, elas costumam colocar taxas que não são mais permitidas ou adicionam porcentagens muito acima do valor ideal.

Esse tipo de cobrança faz com que o devedor tenha dificuldade no pagamento das parcelas e muita das vezes tenha o seu automóvel apreendido por não conseguir realizar o pagamento.

Infelizmente, os juros abusivos ainda são comuns, por isso antes de realizar um financiamento é preciso ter atenção para não cair nisso e evitar complicações futuras.

 

Quando os juros são permitidos e quando são abusivos?

Existem leis que ditam quais taxas podem ser aplicadas em um contrato de financiamento e quando não podem. Algumas taxas já foram permitidas há alguns anos, mas depois de uma análise, foram decretadas proibidas por serem abusivas para o consumidor. A seguir, vamos mostrar algumas que não podem ser mais adicionadas no contrato de
financiamento.

Tarifa de abertura de crédito (TAC): Como o próprio nome diz, essa taxa é um
valor cobrado quando uma pessoa abre uma conta para solicitar empréstimo. No
entanto, em 2008 ela foi oficialmente proibida pelo Banco Central. Portanto, a sua
presença no contrato torna-se abusiva.

Tarifa de emissão de boleto (TEBI): A emissão de boleto é uma obrigação da
instituição, por isso tarifas para emissão de boleto no qual vêm escritas como TEBI,
é uma prática abusiva. Essa cobrança foi proibida pelo STJ (Superior Tribunal de
Justiça).

Tarifa de emissão de carnê (ETC): A cobrança para emissão de carnê também foi
decretada abusiva pelo STJ, pois é a obrigação da instituição realizar a emissão.
Portanto, caso ela esteja no seu contrato de financiamento, você pode reivindicar tal
cobrança.

● Taxa de serviços de terceiros: Em casos do banco solicitar serviços de terceiros,
não poderá cobrar nenhuma taxa em relação a isso. A proibição dessa taxa foi
decretada pelo Banco Central.

● Taxa de registro de contrato: Por fim, a taxa de registro de contrato também é uma
cobrança abusiva que não pode conter no contrato. No entanto, existem algumas
situações que podem ocorrer a exceção. Por isso é preciso entender mais sobre isso
para não ser uma vítima.

Além do que citamos, é importante destacarmos que, a lei diz que quando uma empresa realiza uma cobrança abusiva, ela não só precisará devolver o que foi pago pelo devedor de forma incorreta, como também precisa devolver o valor em dobro.

Portanto, é preciso ter atenção no contrato, pois você poderá diminuir a sua dívida caso a instituição tenha incluído
juros abusivos no seu contrato.

Quais fatores aumentam os juros?

Se em um contrato de financiamento existem juros abusivos, isso por si só aumenta os juros, já que estão sendo aplicados de forma incorreta. Mas além da cobrança de juros abusivos, existem outros fatores que podem aumentar.

O primeiro é o valor que você deu de entrada. Quanto maior for a entrada, menor será a quantidade de parcelas que você precisará financiar e, consequentemente, os juros serão menores.

Por isso, o ideal é que você tente juntar a maior quantidade que conseguir, para evitar dívidas longas e com altos juros. Outro fator que implica na porcentagem do juros é o seu nome.

Quando você possui um bom histórico financeiro, as instituições confiam mais em você como pagador e por isso oferecem porcentagens melhores.

Se esse não for o seu caso e se tiver uma pontuação de Score baixa, isso resultará em um aumento nas porcentagens. O ideal é que você pague as suas contas em dia, evite acúmulo de dívidas e solicitações  excessivas de crédito.

Essas ações podem diminuir o seu Score e prejudicar a sua análise de crédito em um financiamento.

O que fazer em casos de juros abusivos?

Se você possui juros abusivos no seu contrato de financiamento de veículo existe algo a ser feito em relação a isso. Para isso, o primeiro passo é certificar-se se realmente existem juros abusivos no seu contrato.

A revisão contratual é uma alternativa para avaliar o seu contrato e conferir os juros cobrados. Mas ela precisa ser realizada por uma empresa especializada em juros abusivos. Depois da revisão, caso seja constatado realmente o abuso dos juros, será necessário que um especialista faça um cálculo revisional, a fim de definir quais os valores cobrados a mais e qual o valor correto.

Esse cálculo será utilizado durante a ação para mostrar o que foi cobrado a mais e a partir disso realizar uma negociação. Por fim, depois desses primeiros passos, o especialista vai entrar em contato com a instituição financeira e negociar de forma amigável.

Esse procedimento chamamos de ação extrajudicial, no qual não necessita da presença de um juiz, sendo assim realizada com rapidez.

Você já conhece a Mais Credit?

A Mais Credit Consultoria é uma empresa especializada em revisão de contratos de financiamento de veículos. O seu objetivo é reduzir os juros abusivos que podem estar no seu contrato de financiamento, uma vez que o Brasil ainda é considerado campeão em juros abusivos.

Hoje a Mais Credit já conseguiu recuperar mais de 10 milhões de reais em juros e, através dela, é possível obter até 70% de desconto na quitação do veículo e 30% de desconto no valor das parcelas.

Portanto, se você não sabe se é vítima de juros abusivos, aproveite para solicitar a revisão contratual entrando em contato com os representantes da empresa. O processo é gratuito!