Negociação extrajudicial é a melhor opção

Negociação extrajudicial é a melhor opção?

Posted on Postado em Analise Contratual

Negociação extrajudicial é a melhor opção? Em financiamentos de veículos, infelizmente algumas pessoas ainda são vítimas de juros abusivos, o que as levam a pagar um valor a mais do que deveriam.

Em situações como essa, a negociação extrajudicial pode ser uma alternativa interessante para solucionar o problema. Ela funciona de forma mais rápida e com maior possibilidade de solução. 

Mas você sabe o que é uma negociação extrajudicial e como realizar uma? Ao longo desse artigo, iremos explicar isso com mais detalhes, para que, caso você esteja com problemas em juros abusivos, possamos te auxiliar. Continue acompanhando esse artigo para saber mais.

O que é negociação extrajudicial?

A negociação extrajudicial é uma ação que ocorre quando há um problema entre uma empresa e um consumidor, com o objetivo de solucionar o conflito. Esse tipo de negociação é feita de forma amigável, ou seja, ambas as partes conversam entre si e tentam chegar em um acordo, sem a necessidade de um juiz. 

A vantagem dessa negociação é que, por não precisar de uma figura jurídica, ela é solucionada de maneira  rápida e prática. Do mesmo modo, facilita o procedimento para as partes.

No entanto, para que uma negociação extrajudicial funcione, é preciso que ambas as partes estejam abertas para esse tipo de negociação. Caso o contrário, não será possível solucionar o problema, levando assim, a uma necessidade de uma negociação judicial.

O ideal é que no momento da negociação, a pessoa que tomou a iniciativa, seja física ou jurídica, busque por uma conversa tranquila para amenizar a tensão e, com isso, conseguir a resposta desejada.

Qual a diferença entre a negociação extrajudicial e a judicial?

Conforme dito, a negociação extrajudicial ocorre entre os envolvidos sem a necessidade de um poder jurídico. Desse modo, a principal diferença entre a extrajudicial e a negociação judicial, é a necessidade de um juiz.

Enquanto na alternativa extrajudicial, o problema é solucionado por meio de diálogo e acordo entre as partes, na judicial é preciso criar uma ação, encaminhá-la e esperar o momento em que o juiz terá disponibilidade para solucionar.

Isso ocorre porque existem várias ações judiciais. Por isso, é preciso aguardar as que estão na frente serem solucionadas.

Apesar de haver essa desvantagem em uma negociação judicial, por outro lado, quando ela é decretada, ambas as partes ficam mais seguras, pois caso ela não seja cumprida, isso poderá provocar mais punições para quem descumpre.

Portanto, podemos concluir que, de um lado, a negociação extrajudicial funciona de forma rápida e prática e, por outro lado, a judicial oferece mais segurança.

Negociação extrajudicial é melhor?

A negociação extrajudicial tem as suas vantagens, sendo a principal, a rapidez na solução. Em muitos casos, não é necessário abrir um processo para solucionar problemas em contratos de financiamento.

Apenas com o auxílio de uma empresa especializada em juros abusivos e uma negociação extrajudicial, o conflito é a solução ideal.

Apesar disso, a negociação extrajudicial não necessariamente é a alternativa ideal, tudo vai depender de como a negociação for realizada.

Por isso, indicamos iniciar com a negociação extrajudicial para, a partir disso, observar o andamento do processo e decidir se será necessário uma ação judicial.

Por que devo abrir uma negociação em casos de juros abusivos?

No financiamento de veículos, a cobrança de juros é uma condição que as instituições financeiras propõem para o empréstimo. Ou seja, para você conseguir realizar um financiamento, precisa pagar o valor emprestado com juros. 

Apesar de ser uma ação legalizada, infelizmente ainda existem bancos que aproveitam do pouco conhecimento do consumidor para cobrar taxas que não são mais permitidas. Por exemplo, no caso da taxa de administração e de emissão de boleto, elas não podem ser adicionadas no contrato, mas algumas instituições insistem em cobrar.

Essa situação faz com que muitos consumidores acabem pagando mais do que realmente deveriam. Com isso, caso você seja vítima de juros abusivos, é preciso abrir uma negociação. 

Com a negociação extrajudicial, será possível renegociar os valores para que você pague somente o valor justo. Dependendo do andamento do financiamento, caso você já tenha pago a maior parte das parcelas ou até finalizado, a instituição ainda precisará devolver o valor pago a mais.

Como realizar uma negociação extrajudicial?

Para abrir uma negociação extrajudicial, você precisará do auxílio de uma empresa especializada nesse processo. No caso da nossa empresa, por exemplo, nós auxiliamos pessoas que possuem problemas com juros abusivos por meio de uma negociação extrajudicial.

No entanto, antes da negociação extrajudicial iniciar, será preciso verificar se realmente há cláusulas com taxas indevidas no contrato. Esse procedimento é feito por meio de uma revisão contratual realizada por um especialista, no qual ele irá verificar se há juros abusivos ou não.

Caso tenha, ele fará um cálculo revisional para definir qual o valor que foi pago a mais, e assim poder negociar com a instituição.

Depois que todo esse processo for feito, a empresa abrirá uma negociação extrajudicial para solucionar esse problema.

Você já conhece a Mais Credit?

A Mais Credit Consultoria é uma empresa especializada em revisão de contratos de financiamento de veículos. O seu objetivo é reduzir os juros abusivos que podem estar no seu contrato de financiamento, uma vez que o Brasil ainda é considerado campeão em juros abusivos. 

Hoje a Mais Credit já conseguiu recuperar mais de 10 milhões de reais em juros e, através dela, é possível obter até 70% de desconto na quitação do veículo e 30% de desconto no valor das parcelas.

Portanto, se você não sabe se é vítima de juros abusivos, aproveite para solicitar a revisão contratual entrando em contato com os representantes da empresa. O processo é gratuito!