Multas De Trânsito

Multas De Trânsito: Aprenda Como Funciona!

Posted on Postado em Juros Abusivos

Quando tiramos a carteira de motorista a primeira etapa a se fazer é a legislação, para conhecer todos os seus deveres no trânsito. Sempre que você deixa de cumpri-lo, passa a estar sujeito a receber multas que, em certas situações, podem ser mais fáceis de lidar, enquanto outras, podem resultar em consequências sérias.

Por isso, se você ainda não sabe como funciona as multas de trânsito e para que servem, não se preocupe. Dessa vez separamos esse post completo, contando as principais informações sobre as multas e os tipos. Portanto, confira o artigo completo abaixo para saber mais!

O Que São As Multas De Trânsito e Para Que Serve?

As multas de trânsito são “punições” que as pessoas recebem quando fazem alguma atividade incorreta no trânsito. Quando uma pessoa recebe uma multa, dependendo do tipo, ela leva alguns pontos na carteira e precisará pagar um determinado valor de acordo com o grau da situação.

Quanto mais pontos uma pessoa estiver na carteira maior é a possibilidade de perdê-la. Por isso, as multas ajudam as pessoas a terem maior cuidado, justamente pelo medo de não poder mais dirigir e perder dinheiro.

Quais São Os Tipos De Multas?

Atualmente existem cinco tipos de multas de trânsitos e cada uma tem uma consequência diferente. Essas multas são divididas de acordo com a gravidade da situação. Então, no caso da multa leve, por exemplo, as consequências são menores e acessíveis, já em contrapartida, a multa gravíssima, possui consequências piores. No entanto, para você saber como cada uma funciona, separamos abaixo cada uma delas.

1-Leve

A multa leve é a que possui uma consequência menor, elas rendem  3 pontos na carteira. Essa multa acontece com situações mais simples, como estacionar em cima do passeio, conduzir o veículo sem documento ou transitar em faixas de outros tipos de veículos.

Além disso, caso você não tenha recebido nenhuma multa da mesma categoria nos últimos 12 meses, poderá trocar ela por uma advertência.

Quanto ao valor da multa leve, ela está em R$88,38, mas com a advertência você também se livra de pagar essa quantia.

2-Média

A multa média também pode ser trocada por uma advertência, mas ela rende 4 pontos na carteira mais R$130,16 de multa. Nessa situação, o motivo da multa costuma ser estacionar na contramão, deixar o carro parado por falta de gasolina atrapalhando o trânsito, ou estacionar em menos de 5 metros da esquina. Essas situações são mais complicadas que as leves, uma vez que, podem ocasionar acidentes.

Esse tipo também pode ser trocado por uma advertência, mas é claro, avaliando da mesma forma que a leve se há ou não uma multa desta mesma categoria nos últimos 12 meses.

3-Grave

A multa grave rende 5 pontos na carteira mais um valor de R$195,23. Esse tipo de multa não pode ser trocado por uma advertência, pois a multa grave simboliza situações inadequadas que poderiam resultar em acidentes mais sérios.

Quanto às situações que podem resultar na multa grave, podemos destacar a não utilização do cinto de segurança, a realização de conversões em locais inadequados e a má conservação do veículo.

4-Gravíssima

Por fim, temos a multa gravíssima que rende 7 pontos na carteira e dependendo da situação é possível ter a CNH apreendida ou a proibição de dirigir definitivamente. Quanto aos valores da multa, também irá depender de cada situação sendo no mínimo R$293,47 e em algumas situações R$2934,70 como no caso de dirigir embriagado.

A multa gravíssima também não pode ser trocada por advertência, por isso, é importante ter muito cuidado e respeitar as leis de trânsito para evitar imprevistos. Afinal, ninguém quer perder a possibilidade de dirigir.

É Possível Recorrer?

Sim. Se você acredita que recebeu alguma multa injustamente poderá recorrer. Para isso, você precisará ir ao Dentran da sua cidade, levar os seus principais documentos e a multa. Depois disso, será necessário preencher uma ficha dizendo porque você está recorrendo. Em algumas situações, a multa pode ser desfeita, mas não significa que em todas elas você ganhe a causa. Portanto, a dica é que você só reivindique se tiver certeza da situação.

Com Quantos Pontos Posso Perder a Carteira De Motorista?

Sempre que você recebe uma multa esses pontos vão acumulando até existir a possibilidade de perder a carteira. Então, quanto mais multa você receber, maior é a chance de perder a sua carteira.

O valor máximo  que você pode acumular é de 20 pontos. Porém, esses pontos têm validade de um ano, então após 12 meses eles são zerados.

Caso você extrapole os 20 pontos dentro do prazo, terá ela apreendida, dependendo da situação, ficará durante um ano apreendida ou até dois anos.

Se ainda com a CNH apreendida você dirigir, irá receber mais uma multa gravíssima, o que só irá piorar a situação, podendo correr o risco de perder o direito de dirigir definitivamente.

Portanto, é sempre importante que você siga as regras de segurança para evitar dores de cabeça.

Conheça a Mais Credit

Agora que você já entendeu como funciona as multas de trânsito, pode aproveitar para conhecer a Mais Credit!

A Mais Credit Consultoria é uma empresa especializada em revisão de contratos de financiamento de veículos, localizada no Estado de São Paulo. Ela avalia os contratos com o objetivo de identificar se há ou não cobrança excessiva de juros abusivos. Uma vez que existe os juros abusivos, é feito uma ação extrajudicial para a redução do juros.

A partir disso, a Mais Credit consegue reduzir até 70% do valor para a quitação do veículo, fazendo com que as pessoas consigam pagar a dívida sem juros.

Além disso, a empresa possui um bom histórico de cases de sucesso, então, caso você tenha curiosidade, pode conferir os cases diretamente no site da Mais Credit.

Gostou de conhecer a empresa? Se você tem um veículo financiado, entre em contato com a equipe da Mais Credit pelo WhatsApp e solicite a revisão contratual gratuitamente!