Coronavírus:

Covid-19 e Financiamento: Como Fazer Uma Alienação Fiduciária Na Pandemia?

Posted on Postado em Alienação Fiduciária

Covid-19 e Financiamento: Como Fazer Uma Alienação Fiduciária Na Pandemia? A alienação fiduciária é uma alternativa para você conseguir financiar o seu veículo utilizando ele como garantia. Essa possibilidade permite que você tenha melhores condições de juros e consiga adquirir o primeiro automóvel.

No entanto, em tempos de Covid-19, a alienação pode ser ou não uma boa alternativa diante de um cenário tão incerto. Por isso, ao longo deste artigo iremos explicar o que é a alienação e como fazê-la na pandemia. Continue acompanhando para saber mais.

Covid-19 e Financiamento

O Que é Uma Alienação Fiduciária?

A alienação fiduciária é um tipo de negociação para o financiamento de veículos. Essa alternativa permite que você realize o financiamento utilizando o seu bem como garantia. Ou seja, a instituição financeira empresta uma determinada quantia e, caso você não realize o pagamento, ela poderá leiloar o seu automóvel.

Essa opção é uma boa alternativa para quem não tem capital o suficiente para comprar um veículo à vista. Apesar das suas vantagens, é muito importante que você tenha cuidados para não ser vítima de juros abusivos e acabar entrando no famoso efeito bola de neve.

Hoje, o Brasil ainda se encontra entre os países que mais cobram taxas abusivas no contrato de financiamento de veículos, a partir disso é necessário que você avalie a instituição com a qual pretende negociar e leia atentamente o seu contrato de financiamento.

É Possível Fazer Uma Alienação Fiduciária Em Tempos De Pandemia?

Realizar uma alienação fiduciária consiste em adquirir uma dívida para comprar o automóvel. Geralmente, quem faz uma alienação paga o financiamento em aproximadamente cinco anos. 

Diante do Covid-19, é necessário ter cautela e avaliar as possibilidades a fim de saber se vale a pena realizar o financiamento. Isso porque, nessas condições, isso pode impactar diretamente nas finanças do devedor, fazendo com que ele não consiga realizar o pagamento e passe a ser inadimplente. 

Por outro lado, o novo coronavírus também trouxe um impacto positivo para a aquisição de um bem. Isso ocorre porque uma vez que muitas empresas não estão conseguindo vender, a taxa Selic caiu e tende a continuar caindo, fazendo assim com que as taxas de juros cobrados pelos bancos também caiam.

Com isso, adquirir um automóvel em tempos de pandemia sairá mais barato.

Portanto, realizar uma alienação fiduciária pode ser ou não uma boa escolha, tudo isso vai depender da condição financeira e vida de cada pessoa.

Como Avaliar Se Devo Ou Não Realizar Uma Alienação?

A melhor forma de avaliar se é interessante ou não fazer uma alienação, é analisando e organizando a sua vida financeira. Primeiro você precisa ter controle de todos os seus gastos e despesas e verificar se o seu salário consegue pagar todos esses gastos.

Além disso, não comprometa toda a sua renda com despesas, visto que é preciso sobrar dinheiro para investir e ter espaço para a alienação.

Segundo, ter uma reserva de emergência é um dos requisitos mais importantes para realizar a alienação em tempos de pandemia, para que você consiga lidar com imprevistos.

A reserva de emergência é um fundo para você se sustentar por aproximadamente seis meses, caso ocorra qualquer imprevisto. Em tempos de pandemia, a reserva é ainda mais necessária diante de um cenário tão incerto. 

Por fim, outro fator a ser avaliado é a sua estabilidade no trabalho. Verifique se você está em um emprego que possui grande ameaça, ou, caso você seja autônomo, também se há chances de acontecerem muitos imprevistos. Nessa etapa você precisa ter uma visão crítica para avaliar se é ou não interessante realizar a alienação.

Portanto, depois que você realizar toda essa análise, se tiver uma reserva e estiver em uma condição menos instável, investir na alienação na pandemia pode ser uma boa opção.

Como Fazer Uma Alienação Fiduciária Na Pandemia Com Segurança?

Fazer uma alienação fiduciária em meio a pandemia é possível e pode ser que dê certo, dependendo da sua condição. Em situações como essa, o primeiro passo é avaliar as suas condições, conforme explicamos no tópico anterior.

Depois desse processo, há outros cuidados que você deve ter para alienar o seu automóvel com segurança. Para ajudar, separamos algumas dicas a seguir.

Pesquise Diferentes Instituições

Para realizar a alienação com segurança, o primeiro passo é que você pesquise diferentes instituições Financeiras para ter mais possibilidade. Isso também vai possibilitar que você evite fraudes ou contrate instituições que tenham muitas reclamações.

Mesmo que algum parente ou amigo indique a você algum banco, por exemplo, não deixe de verificar as condições dele antes de financiar.

Busque Por Uma Instituição Flexível e Humanizada

Muitos bancos trabalham de forma tradicional e não trazem tantas possibilidades interessantes para o consumidor. No entanto, diante do coronavírus, o ideal é que você faça a alienação em uma instituição financeira que compreende o cenário crítico e possa ser flexível caso ocorra qualquer imprevisto.

Portanto, se possível dê preferência para esse tipo de empresa, isso pode evitar dor de cabeça caso você passe por qualquer dificuldade no pagamento das parcelas.

Avalie As Opções De Juros

Embora a taxa Selic esteja baixa, ainda existem instituições que cobram taxas absurdas e indevidas no contrato de financiamento. No decorrer dessa situação,  é fundamental que você avalie as opções de juros e negocie melhores opções devido à queda da Selic.

Leia Atentamente o Contrato 

Por fim, não se esqueça de ler atentamente o contrato antes de assinar. Os juros abusivos ocorrem devido à cobrança de alguma taxa inserida no contrato. Com isso, é importante também que você saiba qual o CET (Custo Efetivo Total) do seu contrato de financiamento, ou seja, a porcentagem total somando todas as taxas presentes nele.

A partir disso, você vai evitar ser vítima de juros abusivos na alienação fiduciária. 

Você Já Conhece a Mais Credit?

A Mais Credit Consultoria é uma empresa especializada em revisão de contratos de financiamento de veículos. O seu objetivo é reduzir os juros abusivos que podem estar no seu contrato de financiamento, uma vez que o Brasil ainda é considerado campeão em juros abusivos. 

Hoje, a Mais Credit já conseguiu recuperar mais de 10 milhões de reais em juros e, através dela, é possível obter até 70% de desconto na quitação do veículo e 30% de desconto no valor das parcelas.

Portanto, se você não sabe se é vítima de juros abusivos, aproveite para solicitar a revisão contratual entrando em contato com os representantes da empresa. O processo é gratuito!