Carros Antigos Que Menos Quebram

Carros Antigos Que Menos Quebram Top 5!

Posted on Postado em Dicas e Dúvidas

Será que existem carros antigos que menos quebram? A gente geralmente tem a impressão de que carros antigos já estão bem acabados e, portanto, não vale mais a pena se adquirirem.

Saiba que isto é um engano de quem pensa dessa forma. Existiram carros, e que na verdade ainda existem, bem duradouros, bem fortes e resistentes, são veículos que dificilmente quebram.

A prova disso é que você ainda vê rodando pelas ruas das cidades muitos carros antigos, e muitos deles percorrendo normalmente e transportando sem problema um grande número de pessoas.

Para você que é aficcionado por carros antigos, e quem sabe até quer adquirir um, é uma mão na roda conhecer o top 5 carros antigos que menos quebram.

Dessa forma, você poderá adquirir uma raridade de valor e evitar dores de cabeça no futuro.

Conheça os Cinco Carros Antigos Que Menos Quebram! 

1. Kombi – Volkswagen

Levanta a mão quem nunca ouviu falar de uma Kombi. A kombi é atualmente considerado um carro antigo, mas é fato que ainda hoje a gente ver alguns exemplares nas ruas.

E sabe por que isto é possível? Justamente porque é um dos veículos que menos quebram, quando a gente compara com outros de sua época.

Ah tão queridinha Kombi se tornou muito popular aqui no Brasil, sendo que sua manutenção era bastante fácil de ser realizada.

Fique atento caso queira adquirir um exemplar para você. A verdade é que muitas kombis estão sendo exportadas para outros países, especialmente para os da Europa.

Por esta razão, os números de exemplares tem diminuído bastante nesses últimos dois anos, como também as peças de outras unidades antigas estão se tornando cada vez mais raras.

2. Santana – Volkswagen

Você lembra do Santana, um carro fabricado pela Volkswagen e que compete diretamente com o Monza? Pois é, hoje a gente pode falar que ele é um carro antigo e que dificilmente se quebra.

Ao ver um Santana você já percebe logo que se trata de um veículo muito robusto e sólido, sendo uma ferramenta para todo tipo de obra, pelo menos é o que afirma muitos motoristas profissionais que tiveram prazer de dirigir um Santana.

E quando eu falei para você que esse daí é ferramenta para todo tipo de obra, na verdade eu estava chamando sua atenção para o fato de que o Santana se transformou mesmo em um veículo de trabalho.

Caso você não saiba, muita gente começou a utilizá-lo para transportar material de construção! Isso tudo por conta da sua força e excelente qualidade.

3. Monza – Chevrolet

Se o Santana apareceu para competir com o Monza, então é um grande sinal de que o Monza também é um excelente carro. E de fato é mesmo!

Foi nos anos de 1980 que a Chevrolet fez sucesso com esse modelo. Ele era o sedã queridinho do público da época. Ainda nos dias atuais quando se ver um rodando pela rua, é possível perceber a sua imponência.

Atualmente existem muitos clubes onde colecionadores de Monza mostram seus exemplares e trocam ou vendem peças usadas.

Todos os modelos do Monza são fortes e quebram pouco. Porém, a partir de 1991 começou a ser vendido no mercado um modelo um pouco mais sofisticado, e que também garantiu excelente lugar entre os carros antigos que menos quebram.

4. Fusca – Volkswagen

Por que você acha que ainda hoje existe uma grande quantidade de fuscas rodando pelas cidades? Você pensa que foi somente porque houve fabricação em massa desse veículo?

A verdade vai muito além disso! O Fusca é um carro duradouro e com preço bem legal e a possibilidade de manutenção ainda mais baixa.

Tudo isso fez com que o brasileiro criasse um amor pelo Fusca, sendo que até os dias de hoje muita gente utiliza esse veículo para passear e até mesmo trabalhar ou viajar.

Hoje quando você ostenta um Fusca pelas ruas, todo mundo olha como se fosse um carrão passeando. Se você tiver dificuldade de se relacionar socialmente, então compre um Fusca, e depois me conta o resultado!

5. 147 – Fiat

Outro queridinho dos brasileiros foi o Fiat 147, um carro muito pequenininho sendo bastante compacto e que se manteve no mercado por um preço bastante acessível.

Sua fabricação começou no ano de 1986, e teve ao longo de vários anos muitas versões, sendo uma delas a Rallye, muito utilizada entre os esportistas, e que hoje é considerada a mais rara de todas.

Para quem está interessado em adquirir um carro antigo que menos quebra, então o Fiat 147 é uma boa pedida.

Isso porque além de ser facilmente encontrado no mercado para venda, seu preço é bastante baixo, sua manutenção também é baixa, e ele recebe um valor especial por parte dos brasileiros.

Carros Antigos Resistentes – Bônus

O que você viu até aqui foi o top 5 carros antigos que menos quebram. É claro que existem muitos outros, e eu quis apenas selecionar aqueles que acredito ser os mais resistentes.

Porém, como bônus e no intuito de aumentar ainda mais a força informacional desse artigo, vou fazer uma rápida listagem com outros carros igualmente antigos e que dificilmente quebram.

1. Voyage, da Volkswagen

2. Corcel 2, da Ford

3. Kadett, da Chevrolet

4. Escort, da Ford

 

E então, você tem mais algum outro carro antigo resistente, possante e que dificilmente quebra para acrescentar nessa lista?

Tenho plena certeza que você também tem uma lista muito parecida com a desse artigo. Afinal, existiram muitos carros que fizeram sucesso justamente por suas excelentes qualidades.

Atualmente a gente ver muito carro por aí, mas infelizmente mesmo com tanta tecnologia, muitos deles não se compara com a qualidade em força e desempenho que muitos carros antigos tiveram no passado.

Pensa em Adquirir um Veículo?

Se você pensa em adquirir um veículo, não importa se é novo ou usado, então já deve se planejar em relação a como adquiri-lo, falo especificamente das formas de pagamento.

Por exemplo, as pessoas que querem comprar carros seja para passear ou trabalhar, na maioria das vezes recorrem aos bancos para fazer um financiamento.

É preciso muito cuidado nesse momento em que você busca o banco para realizar qualquer procedimento financeiro. E sabe por quê?

Simplesmente porque os bancos desenvolveram um sistema que é totalmente ilegal: Eles cobram de você juros abusivos e taxas administrativas que não deveriam cobrar!

Infelizmente esta é a forma que os bancos acreditam que podem ganhar dinheiro. Mas, não se preocupe porque existe solução para situações como essa.

Minha indicação é que você conheça os serviços prestados pela Mais Credit Consultoria, uma empresa especializada em revisão de contrato de financiamento de veículo.

A partir de uma revisão gratuita que você realiza com a Mais Credit Consultoria, é possível descobrir se o banco está cobrando juros abusivos em seu contrato.

E mais: É possível também você quitar com até 80% de desconto o seu contrato de financiamento. Quer saber como isto é possível? Então liga para a gente!

Nosso número gratuito é o 0800 580 0910. Fale com nossos consultores e solicite gratuitamente a análise de seu contrato!