Como Recorrer ao Juros de Financiamento

Como Recorrer ao Juros de Financiamento? Passo a Passo!

Posted on Postado em Juros abusivos de financiamento

Você comprou um veículo e depois foi cobrado um juros alto? Não consegue pagar as parcelas dos juros? Se a sua resposta foi sim, calma, tem solução! Vamos te mostrar como recorrer ao juros de financiamento.

Adquirir um veículo é o desejo de muitas pessoas, afinal, quando você tem um veículo, você passa a ter mais liberdade, além de outras inúmeras vantagens que ele traz.

Porém, a compra de um veículo é um procedimento caro, e muitas pessoas não tem todo o dinheiro para comprar ele a vista. A partir disso, a alternativa que as pessoas mais procuram é realizar o seu financiamento, para conseguir pagá-lo com um valor que caiba no seu bolso.

Embora essa possa parecer uma maneira excelente, muitas instituições financeiras cobram valores absurdos de juros, tornando inviável o pagamento após a compra. Por isso, recorrer ao juros de financiamento é uma forma importante para evitar que o veículo seja apreendido.

Portanto, como prometido, neste artigo separamos como funciona o financiamento e o passo a passo para você aprender como recorrer ao juros. Vamos conferir?

Como Funciona o Financiamento de Veículo

O financiamento é caracterizado pelo empréstimo de uma determinada quantia para a compra de um bem, em muitos casos os veículos e imóveis. Essa maneira serve para auxiliar na compra de maneira mais prática, para aqueles que não têm dinheiro disponível.

No caso do financiamento de veículo, quando uma pessoa quer comprar um carro, por exemplo, e não tem todo o dinheiro, ela recorre a uma instituição financeira, que irá comprar o veículo e pagar para a instituição com acréscimo de juros.

Além disso, para a realização do financiamento, o comprador irá pagar um valor de entrada, sendo uma parte da compra do produto.

Então mesmo que a instituição já facilite a compra do veículo, é importante ter um dinheiro para dar de entrada, sendo que quanto maior for ele, melhor.

Embora isso possa parecer simples, o grande problema é que depois de um tempo as taxas incidem, ficando um valor elevado. A partir disso, em muitos casos, torna-se impossível do comprador continuar pagando.

Essa situação acontece devido a cobrança de juros abusivos, o que infelizmente é muito comum. Nem todo consumidor sabe, mas toda instituição precisa seguir diretrizes para realizar o financiamento, incluindo a porcentagem de juros que pode ser cobrada.

Porém, a maioria delas incidem essa porcentagem, assim dificultando o processo de pagamento do comprador.

 

Como Identificar o Juros Abusivo

Se você comprou um veículo e não consegue pagar as parcelas, o primeiro passo é você analisar o seu contrato para identificar se há a cobrança de juros.

Muita das vezes as pessoas ficam frustradas por não conseguirem efetuar o pagamento, mas em na maioria dos casos é justamente pela incidência da taxa.

Entendendo melhor como isso funciona, de acordo com o  Código de Direito do Consumidor,  o juros financiamento de veículo só pode ser cobrado 1,2% ao mês e 13% ao ano.

Por meio dessa lei, as instituições financeiras não podem cobrar mais do que isso, uma vez que passa a ser juros abusivo.Então, o primeiro passo para você identificar o juros abusivos é pegar o seu contrato e avaliar qual foi a taxa cobrada.

Caso seja mais do que isso, você poderá recorrer. Além disso, é o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) considera a cobrança do juros abusivos, quando ele se encontra em um valor maior do mercado.

Outra coisa para destacar, é que muita das vezes é cobrado um juros maior a partir das Taxas de Emissão de carnê (TEC) e Taxas de Aberturas (TAC).

Porém, essas taxas não devem ser consideradas no financiamento do veículo, então quando as instituições cobram, o valor do financiamento sobe.

Em algumas situações, as empresas financeiras também incluem outras taxas sem que haja a aprovação do financiado. Infelizmente a maioria das pessoas não leem todo o contrato do financiamento, por isso acabam assinando um documento sem saber exatamente de todas as taxas que estão sendo cobradas.

 

Entenda o Que é Uma Ação Revisional

A ação revisional é uma demanda judicial que irá reavaliar o contratos verificando os juros abusivos e cobranças de taxas excessivas.

Ela é utilizada em diversas situações, incluindo no financiamento de veículo, que, acontece quando as pessoas percebem que as instituições estão cobrando valores maiores do que deveria ser cobrado.

Com ela, você consegue reivindicar os seus direitos e a partir disso ter o valor da parcela reduzida, e até se livrar da busca de apreensão de veículo.

Porém, nem todo mundo entende sobre a ação revisional e a sua importância, por isso, as pessoas continuam pagando um valor que não deveriam pagar.

Uma dúvida muito comum em relação revisional é quando a sua solicitação e a situação do veículo. Independente se há parcelas atrasadas ou se ele já foi quitado, o comprador pode solicitar a ação revisional, uma vez que isso não irá modificar o fato da empresa ter cobrado um valor a mais.

Com isso, a partir do momento que for declarada a cobrança do juros abusivo, a organização será obrigada a devolver o dinheiro que foi pago a mais, ou reduzir o valor das parcelas.

 

Passo a Passo de Como Recorrer ao Juros de Financiamento

Se você não está conseguindo pagar as suas parcelas e acredita que pode ser vítima do juros abusivos, é necessário aprender como recorrer ao juros de financiamento. Por isso, abaixo separamos o passo a passo para você aprender como realizar esse processo de maneira prática. Veja:

 

1.   Identificando o Juros abusivo

O primeiro passo para recorrer ao juros de financiamento é identificando o juros abusivo. Para isso, você pode reler o seu contrato e buscar a parte da cobrança de juros.

Verifique se foi cobrado mais de 13% de juros anual. Caso isso tenha acontecido, poderá passar para o próximo passo.

    2.  Busque por um auxílio

Recorrer ao juros de financiamento é um processo cansativo, e muitas pessoas tem dificuldade de realizar isso sozinhas, principalmente por terem medo das instituições, por serem grandes.

Dessa forma, o próximo passo é que você busque um auxílio, hoje existem várias empresas especializadas em cobrança de financiamento de veículo que irão te ajudar em todo o passo a passo.

3. Faça uma ação revisional

Depois que você realizar esse procedimento é hora de fazer uma ação revisional. Como vimos acima, a ação revisional é uma demanda para a análise do contrato e identificação de cobrança indevida. Por isso, é necessário que você faça ela para ter direito.

4. Redução do juros

Por fim, depois de passar por esses procedimentos citados, você terá uma audiência para que haja a redução do juros. Mantenha a calma, pois independente de qual seja a instituição, você estará no seu direito de consumidor, assim, ganhando a causa facilmente. Logo, a redução do juros irá acontecer e você conseguirá pagar as parcelas normalmente.

 

Conclusão

Infelizmente, a cobrança de juros excessivo é muito comum nos financiamentos, por isso, é fundamental que caso você passa por essa situação, recorra a isso.

Ao longo deste artigo aprendemos as principais informações necessárias para realizar esse procedimento e como fazer isso. Assim, você irá conseguir se livrar da famosa “bola de neve” e continuar com o seu veículo.

Lembrando que a Mais Credit, preza muito pelo material aqui postado, sempre buscamos os melhores conteúdos. Ficou alguma dúvida? Se você tiver alguma dúvida ou sugestão, deixe ela nos comentários para que possamos te auxiliar!