Alienação Fiduciária

Alienação Fiduciária: 4 Dicas Essenciais Para Você Que Tem Um Veículo Alienado

Posted on Postado em Dicas e Dúvidas

Alienação Fiduciária: 4 Dicas Essenciais Para Você Que Tem Um Veículo Alienado: Se você tem um veículo financiado, então provavelmente já ouviu falar em veículo alienado. O assunto pode ser mais simples do que você imagina.

No entanto, muitas pessoas acabam cometendo alguns erros em relação ao assunto e nós não queremos que isso aconteça com você.

É por isso que preparamos 4 dicas essenciais para você que tem um veículo alienado.

Primeiramente iremos te explicar o que é alienação fiduciária. Logo após falaremos sobre as 4 dicas para te auxiliar estando nesta situação. Após ler este texto você conseguirá compreender melhor sobre o assunto.

O conteúdo foi preparado pensando em você e nas suas principais dúvidas, por tanto aproveite e leve em consideração cada dica aqui colocada. Assim você poderá ter mais conhecimento.

Quer saber mais? Então continue a leitura com a gente!

O Que é Alienação Fiduciária

Antes de iniciarmos com as dicas, precisamos te explicar o que é uma alienação fiduciária.

A alienação fiduciária ocorre quando você faz um financiamento de um veículo, por exemplo. Também pode ocorrer em compra de algum imóvel. Esse tipo de negócio é feito por duas partes: o devedor e o credor.

O devedor é aquela pessoa quem compra, ou seja, que tem interesse em adquirir o veículo através de um financiamento. Já o credor é a empresa ou instituição financeira responsável pelo financiamento.

A alienação fiduciária acontece para que a instituição financeira que você está fechando o negócio, tenha uma garantia. Dessa forma, caso você atrase o pagamento das parcelas ou não quite todo o valor do veículo, ela poderá pedir pela busca e apreensão do veículo.

Esta é uma forma de ter certeza que você vai pagar.

Dica 1: Tire Todas As Suas Dúvidas

Antes de assinar o contrato e fazer o financiamento do seu veículo, é essencial e de extrema importância que você tire todas as suas dúvidas. Nesse momento em que você estiver procurando por informações, procure saber tudo sobre a alienação fiduciária.

Leia todo o contrato e converse com seu gerente sobre o assunto. Faça todas as perguntas necessárias e não deixe nada para trás. Quanto mais você souber sobre alienação fiduciária melhor.

É dessa maneira, tirando todas as dúvidas sobre o tema, que você correrá menos riscos caso algum imprevisto aconteça.

Não tenha vergonha de perguntar e não saia da instituição sem tirar todas as suas dúvidas. Neste caso, é muito melhor você pecar pelo excesso de perguntas do que pela falta delas e ficar desinformado.

 

Dica 2: Não Deixe as Parcelas Em Atraso

Como o seu veículo está alienado, a instituição financeira pode pedir a busca e apreensão dele a qualquer momento, desde que as parcelas do financiamento estejam em atraso.

É por isso que neste caso, nós recomendamos que você não deixe as parcelas em atraso. Para isso, reserve um dinheiro, faça um planejamento financeiro e não em cima da hora. Além disso, esteja sempre atento ao dia do vencimento das parcelas.

O número máximo de parcelas em atraso em financiamento de veículos, é de 3 meses. Mas não se baseie nisso, em alguns casos, a instituição pode pedir a busca e apreensão até mesmo antes deste prazo.

Por tanto, fique sempre atento.

Dica 3: Fique Atento à Lei

A alienação fiduciária é uma ação que está prevista na lei. O decreto que fala sobre o assunto é a lei nº 9514/97 que está no artigo 22 da Constituição.

Abaixo você confere o que está estabelecido nesta lei:

  • Todos os documentos para a alienação precisam estar registrados no cartório;
  • A desalienação do bem deve ser feita após a quitação das dívidas;
  • Em ambos os contratos, é necessário que tenham domicílio;
  • O credor pode pedir busca e apreensão do veículo caso o comprador não pague as parcelas;
  • O veículo alienado pode ser utilizado e até mesmo alugado pelo comprador;
  • Como garantia, o veículo será transferido para o credor.

É importante estar sempre atento ao que diz a lei sobre a alienação fiduciária, dessa forma você poderá ficar mais ciente sobre o que é seu direito e o que é seu dever como consumidor.

Dica 4: O Credor Não Pode Utilizar Seu Veículo

Por mais que seja uma dica óbvia, muitas pessoas acabam não entendendo muito bem sobre essa situação. Em hipótese alguma, o credor pode utilizar seu veículo.

Essa situação não está prevista na lei e você precisa estar ciente disso para não cair em situações como essa ou parecida.

O veículo, mesmo que esteja alienado, pertence a você. Nesse sentido, a utilização dele por parte do credor não é válida.

Quando o credor pede a busca e apreensão do seu veículo por causa de atrasos e falta de pagamento das parcelas, ele deverá entrar com processo de leilão ou venda do bem.

Conheça a Mais Credit

O que você achou sobre o assunto deste texto? Ficou interessado por mais? Então venha conhecer melhor a Mais Credit.

Nós somos uma empresa especialista em análise contratual de financiamento de veículos. Isso quer dizer que, se você está com dívida por causa de juros abusivos, por exemplo, é hora de fazer uma análise do seu contrato.

Só assim você poderá saber quais são as taxas abusivas que estão sendo cobradas no seu contrato de financiamento. Além disso, a Mais Credit possui profissionais capacitados em negociação extra judicial.

Se você se encontra acredita que está pagando juros abusivos e por causa disso não está conseguindo pagar as parcelas do seu financiamento,  saiba que a Mais Credit pode te ajudar!

Ao entrar em contato com um de nossos especialistas, você irá fazer a análise contratual do seu financiamento. Logo após, conseguiremos te orientar e oferecer o melhor caminho para seguir e sair de uma vez por todas das dívidas.

Faça uma análise contratual de forma gratuita com a Mais Credit. Você pode falar conosco através do nosso Whatsapp (11) 96882-7012 ou até mesmo pela nossa central de atendimento 0800 580 0910.

Agora que já sabe sobre essas 4 dicas essenciais para você que tem um veículo alienado e conhece a Mais Credit, você também pode conferir outros assuntos como este no nosso blog.