ação de cobrança de juros de financiamento

15 motivos pelos quais você não deve ignorar uma ação de cobrança de juros de financiamento

Posted on Postado em Juros abusivos de financiamento

Você Já deve ter ouvido falar em ação de cobrança de juros de financiamento, não é mesmo? Veja o que nunca te contaram sobre ela:

Pagar o financiamento pode não ser uma boa coisa, mas é fato que deixar de pagar pode virar um grande pesadelo em sua vida.

Saiba que quando você deixa de cumprir com seus compromissos financeiros, enfrentará muitas dificuldades e consequências, e isso pode tirar o seu sono e colocar você numa constante perda de qualidade de vida.

Algumas ações básicas, que mais são consequências do não pagamento, podem ser a cobrança de juros de financiamento passando pela busca e apreensão de veículo, pela suspensão de serviços, pela penhora de bens e até mesmo pela apreensão de documentos, como o passaporte, a carteira nacional de habilitação e mesmo o seu cartão de crédito.

Neste artigo você conhecerá os 15 motivos pelos quais você não deve minorar ação de cobrança de juros de financiamento por parte do banco ou qualquer outra instituição financeira.

Sabendo de cada um e as suas consequências, certamente você terá formas de se proteger contra os problemas e até mesmo evitá-los.

1. Seu nome vai para os cadastros de proteção ao crédito

Se você receber uma ação de cobrança de juros de financiamento, mesmo que seja extrajudicial, não deve ignorá-la. Isso porque no dia seguinte ao vencimento da parcela, o banco já pode incluir você nos cadastros de proteção ao crédito.

Você ficará como inadimplente e passará a ter o seu nome cadastrado no serviço de proteção ao crédito (SPC), no serviço central de proteção ao crédito (SCPC) e no Serasa.

2. Você passará por restrições de crédito

Quando o seu nome passa para o cadastro do Serasa e do SPC, então você ficará com restrições de crédito no mercado. Isso significa que você poderá não conseguir fazer novo financiamento ou um empréstimo pessoal.

A questão é que os bancos fazem uma consulta cada vez que você solicita uma operação de crédito. Quando a instituição financeira percebe que você tem débitos, então ela nega o crédito.

3. Você não poderá fazer pagamentos e nem abrir contas

Se você ignorar ação de cobrança de juros de financiamento certamente uma das consequências é um impedimento de efetuar pagamento utilizando seus cheques, bem como fazer abertura de contas bancárias.

Em muitos casos você também não conseguirá vender ou alugar imóveis, isso porque muitas dessas condições podem estar atreladas aos bancos.

4. Você poderá sofrer uma ação judicial

Se o banco está tentando cobrar de você extrajudicialmente mas você ignora, então ele pode partir para o próximo passo que é abrir uma ação judicial de cobrança da dívida.

Independente do valor do financiamento, se baixo ou se alto, a instituição financeira poderá solicitar abertura de ação judicial. Porém, destaca-se que quando o valor é irrisório, então o banco pode optar por não abrir devido às altas custas judiciais.

5. Você poderá sofrer uma ação de busca e apreensão de veículo

Caso não tenha pago o financiamento e receba o comunicado extrajudicial de cobrança de juros de financiamento, então você poderá sofrer uma ação de busca e apreensão de veículo.

Como o veículo está alienado ao banco, então ele está dado como garantia, isso significa que caso não haja pagamento, o banco poderá tomá-lo de você.

6. Você deverá pagar juros moratórios

Caso venha ignorar as cobranças do banco, então ele poderá cobrar você com alguns custos a mais sobre as parcelas, que são algumas ações que podem constar nas cláusulas de seu contrato.

Trata-se dos juros moratórios. Ele é cobrado justamente pela demora em fazer o pagamento, e sua porcentagem deve ser de até 2% sobre o valor da prestação devida.

7. Você deverá pagar juros compensatórios

Se não bastasse os juros moratórios, você ainda terá de pagar o juros compensatórios. Estes são juros cobrados pelo banco como uma espécie de compensação pelo prejuízo que  ainstituição teve pelo atraso no pagamento.

Geralmente esse tipo de juros é cobrado a partir de 30 dias ou mais do vencimento sem registro de pagamento.

8. Você ainda estará sujeito a outras sanções penais

Sem dúvida alguma, um dos motivos pelo qual você não deve ignorar ação de cobrança de juros de financiamento, é a possibilidade de sofrer sanções penais.

Poderá ocorrer a suspensão de algum serviço ou mesmo a necessidade de indenização ao banco ou outra instituição financeira.

9. Seus bens poderão ser penhorados

Quando o banco inicia uma ação extrajudicial de cobrança e não recebe resposta de sua parte, ele poderá abrir o processo de busca e apreensão de veículo.

Caso você venha esconder o veículo ou dificultar a busca e apreensão, então o banco poderá requerer a penhora de algum bem que esteja em seu nome.

10. Você poderá perder o dinheiro que está no banco

Caso continue ignorando as cobranças do banco, então poderá perder o dinheiro que vem guardando algum tempo na poupança.

Claro que para isso acontecer precisa ter mais de 40 salários mínimos depositados em conta. Se assim for, então será retirado de sua conta para pagamento da instituição financeira credora.

11. Você poderá ter sua CNH apreendida

Embora alguns especialistas acreditem ser indevido a apreensão da CNH nesse caso, mas alguns juízes têm decretado as medidas de apoio com vistas a forçar o pagamento. Esta ação se baseia no art. 139, IV, no Código de Processo Civil lançado no ano de 2015.

12. Você poderá ter seu passaporte apreendido

Também baseado no art. 139, IV, no Código de Processo Civil, os juízes têm tomado como medida de apoio a apreensão do passaporte. A ideia é tão somente retirar documentos importantes de modo a forçar você a fazer o pagamento da dívida.

13. Você poderá ter seu cartão de crédito apreendido

Aqui está outra medida de apoio baseada no art. 139, IV, no Código de Processo Civil. Não é comum que aconteça isso, mas existem casos na justiça em que os juízes determinaram a apreensão do cartão de crédito do devedor.

14. Você poderá arcar com as custas do processo e honorários

Quando o banco envia notificações extrajudiciais e você ignora essa cobrança de juros de financiamento, então o mesmo poderá recorrer ao poder judiciário para ter o dinheiro.

Claro que para isso o banco terá que custear todo o processo e pagar os honorários do advogado. Após a ação, você poderá ser condenado a reaver ao banco todos os valores pagos neste sentido.

15. O banco poderá terceirizar a cobrança de dívida, outro motivo para não ignorar uma ação de cobrança de juros de financiamento

Um dos 15 motivos pelos quais você não deve ignorar ação de cobrança de juros de financiamento é a possibilidade de perder sua qualidade de vida devido a inúmeros telefonemas e cartas todos os dias.

Isso é comum acontecer quando o banco terceiriza a cobrança da dívida, passando assim para uma empresa, à parte, o trabalho de cobrar você pelo que deve.

Essas empresas geralmente utilizam meios indevidos para a cobrança, como por exemplo, envios de cartas e ligações todos os dias, inclusive em feriados e finais de semana, e em qualquer turno, até mesmo pela madrugada.

Se essa informação foi útil para você, então é sempre bom pensar que outras pessoas estão precisando da mesma ajuda. Dessa forma, você poderá ajudar simplesmente curtindo e compartilhando esse post!!

Agora, se você já está em uma situação difícil pelo não pagamento da dívida do financiamento e já corre o risco de passar por um processo de busca e apreensão de veículo, a sugestão possível é entrar agora mesmo em contato com os Consultores da Mais Credit para verificar como resolver isso!

Ligue 0800 580 0910.

Acesse nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Blog