Alienação Fiduciária

Alienação Fiduciária: Entenda o Porquê Você Deve Se Preocupar Com Ela!

Posted on Postado em Alienação Fiduciária

Alienação Fiduciária: Entenda o Porquê Você Deve Se Preocupar Com Ela! Se você quer comprar um primeiro automóvel e não tem dinheiro alienação fiduciária é uma alternativa que os bancos disponibilizam para você conseguir financiar e adquirir o seu primeiro carro.

Na prática parece simples, mas porque muitas pessoas são vítimas de juros abusivos através dos contatos de alienação fiduciária. Sendo assim preparamos este artigo completo para você entender o que é uma alienação fiduciária e quais cuidados você precisa ter para não ser vítima de juros. Portanto continue acompanhando este artigo para saber mais

 

O Que é a Alienação Fiduciária e Como Funciona?

Podemos entender que alienação fiduciária é um contrato no qual você deixa um bem como garantia para o financiamento. Por exemplo, suponhamos que você quer comprar um automóvel e não tem dinheiro para comprar à vista, então você pega o dinheiro com o banco e ele vai parcelar esse valor com juros e utilizando o seu bem como garantia. Dessa forma se você não pagar a dívida feita com a instituição ela poderá leiloar o seu automóvel.

Mesmo que o banco utilize o automóvel como garantia ele pode cobrar juros indevidos no seu contrato. Essa ação não é correta já que as instituições que estarão incluindo taxas indevidas no seu contrato de financiamento que vai aumentar a porcentagem dos juros.

É por esse motivo que muitas pessoas não conseguem quitar uma dívida com uma instituição preciso da ajuda de consultorias especializadas em juros abusivos em contrato de alienação fiduciária.

Por Que Devo Me Preocupar Com a Alienação?

No tópico anterior é possível perceber que a aplicação dos juros abusivos no contrato é um motivo de você se preocupar com alienação fiduciária. Isso acontece porque se você não tem o cuidado necessário vai assinar um contrato e pagar um valor acima do que deveria.

O problema do contrato de alienação fiduciária não é somente esse, pois você ainda corre o risco de perder o seu carro. A partir do momento que você deixa de pagar uma parcela ou atrasada por alguns dias, de acordo com a lei, a instituição financeira já tem direito de solicitar a busca e apreensão do veículo.

O lado positivo é que na prática isso não acontece dessa forma. Os bancos entendem que as pessoas passam por dificuldades (principalmente durante a pandemia) e dão um prazo maior para o pagamento da parcela.

Mas causa instituição financeira tenha incluída uma taxa indevida no seu contrato a chance de você conseguir pagar aquela parcela é menor e muitas pessoas perdem o veículo por esse motivo.

Quais Riscos Posso Correr?

Os principais riscos que você pode correr é os juros abusivo e a possibilidade de perder o automóvel. Além dessas situações existem outras práticas indevidas que são feitas pelos bons. Um exemplo é o caso da venda casada, isso significa quando inclui produto/serviço a mais no seu contrato de alienação fiduciária para que eles lucram. A partir da aprovação do consumidor a prática não é ilegal, mas o problema é que os bancos fazem isso sem o consentimento do consumidor por isso é mais um risco a se correr fazendo este tipo de negociação.

Quais Cuidados Preciso Ter Para Não Ser Vítima De Juros Abusivos?

Se você sonha em ter o seu primeiro automóvel e não tem dinheiro para investir nele a vista a alienação fiduciária muitas das vezes é a única opção de você realizar esse sonho. Neste caso o que você precisa fazer é ter alguns cuidados para não ser vítima de juros abusivos e não correr o risco de perder o seu automóvel.

Diante dessas circunstâncias, o primeiro passo é analisar com cautela qual instituição financeira você vai negociar. Felizmente hoje, temos uma série de canais online que permitem ver o feedback de outras pessoas a fim de verificar se uma empresa é ou não segura. Sendo assim você vai precisar verificar o histórico dessas instituições para avaliar se ela já cobrou juros abusivos.

Depois que você encontrar o melhor banco para negociar a próxima etapa é analisar com critério cláusula por causa a fim de identificar se existe ou não taxas indevidas no seu contrato de financiamento.

Se você ainda não sabe quais taxas são indevidas e não podem ser cobradas pelas instituições financeiras, no blog da Mais Credit é possível ter acesso a esta informação. Portanto sugerimos também que você verifique antes de assinar o contrato.

Última dica é que você faça uma reserva financeira. Essa reserva vai ser uma forma de caso a instituição cobre juros abusivos e você tenha dificuldade em pagar a parcela, esta reserva vai te ajudar a não passar tanto sufoco.

Já Assinei Um Contrato De Alienação Fiduciária, o Que Fazer?

Se você já assinou o contrato de alienação fiduciária não sabia desses cuidados você precisa fazer algumas medidas para não sair prejudicado. A primeira coisa que você precisa fazer é contratar uma consultoria especializada em revisão de contrato de financiamento.

A Mais Credit é uma empresa especializada nisso no qual já conseguiu recuperar mais de 1 milhão de reais de juros abusivos. Então você precisa entrar em contato com essa empresa para que ela revise o seu contrato a fim de identificar se existe taxas abusivas no seu contrato.

Depois dessa análise a Mais Credit entra com a redução abusiva podendo conseguir até 30% de desconto no valor das parcelas e 70% para a quitação do veículo.

Hoje, a Mais Credit Já ajudou inúmeras pessoas em todo o Brasil e você pode conferir todos esses clientes através dos seus casos de sucessos, onde as pessoas contam como foi a experiência através de vídeos. Além disso se você ainda tem dúvida se a Mais Credit é uma empresa segura você pode também entrar em contato com a sua equipe para tirar todas as dúvidas.

Portanto para saber mais ligue para 0800-580-0910 ou se preferir poderá entrar em contato também pelo WhatsApp através do número (11) 96882-7012.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.